Publicações

O que faz um administrador judicial durante o período de recuperaçãó da empresa?

Na recuperação judicial, as funções do administrador judicial variam de acordo com duas situações: caso o Comitê, que é o órgão facultativo, exista ou não; e caso tenha sido ou não decretado o afastamento dos administradores da empresa em recuperação.

Uma vez instalado o Comitê, o administrador judicial deverá proceder a verificação dos créditos, presidir a Assembleia dos Credores e fiscalizar o empresário individual devedor ou a sociedade empresária devedora. Não havendo Comitê, o administrador assumirá também a competência reservada pela lei a esse órgão colegiado, exceto se houver incompatibilidade.

O administrador judicial tem, também, a função principal de fiscalizar as atividades do devedor e cumprimento do plano de recuperação judicial, apresentando ao juiz o relatório mensal das atividades do devedor, para a juntada aos autos.

Podemos te ajudar?

Envie seu caso

Envie sua dúvida