Publicações

Planos de saúde devem cobrir tratamento ilimitado a autistas

Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou que os beneficiários de planos de saúde portadores do transtorno do espectro autista (TEA) tenham direito a um número ilimitado de sessões de tratamento.

A medida entrou em vigor em julho e regulamenta a cobertura de sessões de portadores de autismo com psicólogos, terapeutas ocupacionais e fonoaudiólogos. A cobertura já era ilimitada para sessões com fisioterapeutas.

Segundo a agência, quem determina a quantidade de atendimentos é o profissional de saúde, de acordo com a necessidade do paciente e não mais os planos de saúde.

Clique aqui para acessar a Resolução Normativa nº 469, de 9 de julho de 2021.

Podemos te ajudar?

Envie seu caso

Envie sua dúvida